Garantir um futuro ao património



Homenagem do violoncelista Gautier Capucon por Nikos Aliagas: peça em homenagem à história do edifício, intitulada “Après un rêve” [“Depois de um sonho”], do compositor, pianista e organista francês Gabriel Fauré.


A destruição pelo fogo da Catedral de Notre-Dame, em Paris, ocorrida a 15 de abril, marca uma ferida na história e identidade do povo francês e de todos os cidadãos que partilham com ele uma mesma herança artística, liberdade religiosa e espírito de encontro e de paz.

De tragédias como esta emerge a nossa pulsão - profundamente humana - para ajudar e ser solidário. Em menos de 24 horas foram reunidos mais de 400 milhões de euros (doações e fundos de financiamento comum) para a reconstrução deste monumento.

Livro de pedra que é fonte de criação, formação e ensino literário e científico e de expressão do impulso de fé e fraternidade do ser humano, a Catedral deverá ser reconstruida continuando a marcar o nosso destino comum.

Idêntica história de luta pela salvaguarda, preservação e garantia de um futuro ao património foi testemunhada com a destruição do edifício histórico principal do Museu Nacional do Rio de Janeiro, ocorrida a 2 de setembro de 2018.


Ler mais:

60 visualizações
RBE_rect.png
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook